Regional

ANDORINHA: Projeto que direcionava recursos da Ferbasa para a saúde não foi colocado em votação.

Projeto de autoria do vereador, Agnaldo Pinheiro (PCdoB),  que tinha como objetivo destinar recurso do município para a realização de exames e procedimentos  cirúrgicos,  não teve parecer favorável do setor jurídico da Câmara que julgou improcedente.
Segundo o projeto, o prefeito seria obrigado a pegar os recursos que a Ferbasa  repassa para o município e investir na saúde “Esse projeto seria para os mais carentes, aonde um fundo seria criado, e com os recursos que o município recebe da Ferbasa esse dinheiro seria usado na realização de exames e pequenas cirurgias, mas esse projeto não foi votado porque recebemos a informação que não poderia, mas vamos continuar lutando e iremos solicitar um parecer do advogado do nosso partido sobre a legalidade ou não do projeto” disse Agnaldo Pinheiro.
O vereador  lamentou o fato das pessoas ficarem aguardando até três meses a espera de um exame ou cirurgia que custa até três mil reais, e se o projeto fosse aprovado o município poderia utilizar os recursos que a Ferbasa repassa para o município para as devidas finalidades.
O presidente da Câmara, Marinaldo de Oliveira,  parabenizou a iniciativa do colega, sugeriu que ele continuasse apresentando projetos, indicações e requerimentos que possam beneficiar o povo, mas a Câmara não pode votar projeto inconstitucional porque o legislador não pode apresentar projeto que venha honorar o município ” Eu espero que o senhor não interprete mal, espero realmente que o senhor encontre uma forma para que esse projeto possa ser votado e aprovado nos trâmites legais, até porque não adianta agente votar aqui e lá na frente agente ter problemas, até porque o Ministério Público está atento a tudo que acontece nas câmaras e nas prefeituras” explicou Marinaldo.
Ainda durante seu pronunciamento o vereador, Agnaldo Pinheiro reclamou que as obras iniciadas na gestão passada nas localidade de Riacho Seco,  Medrado, Tanquinho do Poço e Sítio do Açude estão todas paradas,  Segundo ele,  o governo atual irá terminar e as obras não serão concluídas.
Da redação do site ivansilvanoticias com informações do radialista,Ivan Silva. 

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios