Exercícios para quem tem ejaculação precoce

A definição de ejaculação precoce atualmente aceita pelos profissionais de saúde seria a seguinte: “incapacidade do homem de retardar a ejaculação que ocorre sempre ou quase sempre antes ou com menos de dois minutos de penetração e gera insatisfação para o casal”.

Lendo a definição, logo de início, percebe-se que este conceito “ejacular rápido” é relativo. Por isso, talvez esta seja uma das patologias onde a individualização da conduta seja mais importante! Sim, porque não existem regras quando estamos falando de satisfação sexual. Para uns, controlar a ejaculação durante 15 minutos é pouco, enquanto para outros o coito durante 4 minutos é absolutamente satisfatório.

Exercícios para prolongar a ereção
Normalmente sugerimos a medicação oral, a terapia psicológica de suporte e, principalmente nos casos de ejaculação precoce primária, onde não há experiência prévia de controle ejaculatório, a utilização dos exercícios direcionados ao conhecimento, controle e reforço da musculatura pélvica pode ser útil.

Os exercícios mais conhecidos são os que movimentam a musculatura do assoalho pélvico ou musculatura perineal. Trata-se de um conjunto de músculos que participam do controle da urina e das fezes. Uma forma simples de exercitar esta área é tentar interromper o jato urinário durante a micção ou contrair o ânus repetidas vezes. O ideal, entretanto, é passar por uma fase com fisioterapia orientada por profissionais que geralmente recorrem a aparelhos que efetivamente comprovam se o músculo desejado está sendo estimulado pelo exercício.

Tipos de ejaculação precoce
O tema (como todos que envolvem a sexualidade) é bem amplo e por isso, existem diferentes classificações para a ejaculação precoce.
• Primária: quando desde o início da vida sexual o homem convive com impossibilidade de prolongar o coito
• Secundária: Quando surge na vida do indivíduo que controlava bem
• Situacional: No caso de só ocorrer em determinada situação, por exemplo, com uma parceira específica
• Ejaculação precoce subjetiva: onde existe um tempo de controle acima do limite de dois minutos, mas o paciente tem muita insatisfação com a duração do coito.

O emprego de outras técnicas como exercícios perineais desempenha sempre um papel complementar à terapia básica e pode ser muito útil na medida em que reforça a percepção do indivíduo quanto às estruturas desta região.

Diagnóstico e tratamento personalizado para ejaculação precoce
A individualização do tratamento é a regra nestes casos e para isso a escolha do profissional que vai conduzir a terapia é fundamental. O primeiro passo seria a confirmação do diagnóstico e a definição do tipo de ejaculação precoce. Nos casos de ejaculação precoce primária, onde o indivíduo nunca vivenciou o controle ejaculatório, alertar para o tempo necessário para o sucesso das medidas prescritas reduz a expectativa e aumenta a adesão ao tratamento.

em - Regional

Envie um Comentário