Regional

Base aliada quer retomar tramitação da reforma trabalhista nesta terça; oposição é contra

Base aliada quer retomar tramitação da reforma trabalhista nesta terça; oposição é contra

O presidente em exercício do PSDB e presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Tasso Jereissati (CE), anunciou nesta segunda-feira (22) a retomada do calendário de análise da reforma trabalhista, com a apresentação do relatório nesta terça (23). A oposição prometeu fazer obstrução aos trabalhos.

Na última quinta-feira (18), o relator da proposta, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), havia suspendido o cronograma de apreciação da matéria por conta da crise política que se instalou no governo após o as denúncias envolvendo o presidente Michel Temer. “A questão [da reforma] não é de governo, mas de país. Nosso compromisso é com o país e mostrar que estamos trabalhando normalmente e que os acontecimentos políticos independem dos acontecimentos daqui”, disse Jereissati.

Na oposição, o vice-líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ), considerou “um escândalo”, a tentativa de a base aliada retomar a tramitação da reforma trabalhista. “Ninguém conversou com a gente da oposição sobre isso. Achamos uma provocação. Posso dizer aqui que só leem esse relatório amanhã por cima do nosso cadáver. Não vamos aceitar”, afirmou o petista.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios