Regional

Prefeito Tiago Venâncio se reúne com comissão para tratar sobre Projeto de Irrigação de Ponto Novo

unnamed

Nesta quarta-feira, 01, o prefeito municipal de Ponto Novo, Tiago Venâncio, esteve reunido com a comissão de acompanhamento da crise hídrica no município, formada pelo presidente da Associação dos Reassentados – Jivanilto Jesus dos Santos (Nilton Barrada), o gerente do Sítio Barreiras – Elivandro Lima, o representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ponto Novo – Edson Lopes, o Secretário de Agricultura do Município – Eleilson Gama e o representante do Distrito de Irrigação – Antônio Luís (Luís da Percila).

Na reunião, a comissão retratou a situação atual da Barragem de Ponto Novo, que se encontra com aproximadamente 30% do volume hídrico, o que representa algo em torno de 12 hectômetros e equivale a 12.000.000 m³ (doze milhões de metros cúbicos de água) e também a situação do Projeto de Irrigação que no momento se encontra irrigando apenas duas vezes por semana a 12 horas/dia.
Segundo o presidente da Associação dos Reassentados, o volume de água utilizado atualmente pelos produtores para a irrigação garante apenas que as plantações permaneçam vivas, e um eventual corte de água neste momento acabaria por gerar sérios prejuízos aos produtores, como também ao município, uma vez que tal ação acabaria por gerar desemprego, o que impactaria negativamente na economia do município e da região.

A comissão ressaltou ainda que busca dialogar com o governo do Estado e as instituições de gestão das águas, no intuito de garantir mais um mês de irrigação para manter as plantas vivas e evitar o corte definitivo da irrigação. Para tal, salientam que com a capacidade atual da barragem daria para estender um mês a mais à irrigação, sem comprometer o abastecimento humano.

O prefeito Tiago Venâncio está pessoalmente empenhado nessa causa e busca junto ao Deputado Estadual e Secretário de Agricultura do estado, Vitor Bonfim, uma agenda conjunta emergencial com a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (CERB), Embasa e Casa Civil para tratar sobre o tema.

Para o gestor municipal é essencial que o Projeto de Irrigação continue funcionando e não lhe faltarão esforços para garantir isso.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios