Adolfo Menezes está entre os deputados que assinaram manifesto contra candidatura de Nilo

Deputados do PSD e PP assinam manifesto contra candidatura de Nilo

Nesta quarta-feira (25), deputados estaduais do Partido Social Democrático (PSD) e do Partido Progressista (PP) elaboraram um manifesto pela alternância de poder na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), opondo-se à candidatura do deputado Marcelo Nilo (PSL), atual presidente da Casa. As eleições para a presidência da AL-BA acontecem no dia 1º de fevereiro e concorrem ao cargo, além de Nilo, os deputados Ângelo Coronel (PSD) e Luiz Augusto (PP).

O documento, assinado por 12 deputados, requer a proibição da reeleição por tempo indeterminado na presidência da Casa. Os deputados alegam que a candidatura de Marcelo Nilo, que concorre à sexta reeleição, não permite a “oxigenação da gestão” e a “modernização” da Assembleia. Ainda, os deputados, que defendem a alternância de poder, sugerem os nomes de Coronel e Luiz Augusto como os dois únicos candidatos à presidência da AL-BA.

O manifesto foi assinado por Ângelo Coronel (PSD), Luiz Augusto (PP), Adolfo Menezes (PSD), Alex da Piatã (PSD), Eduardo Salles (PP), Carlos Ubaldino (PSD), Aderbal Caldas (PP), Ângela Souza (PSD), Antônio Henrique Jr. (PP), Ivana Bastos (PSD), Mirela Macedo (PSD) e Robinho (PP).

em - Regional

Envie um Comentário