Câmara aprova o aumento salarial do prefeito, vice e secretários de Petrolina

Câmara de vereadores de Petrolina (Foto: Amanda Franco/ G1)

Foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira (27) um Projeto de Lei para o aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O projeto partiu da mesa diretora e foi colocado em votação nesta última sessão do ano na Câmara de Vereadores Plínio Amorim.

O projeto não constava na pauta da sessão, mas foi colocado em discussão nesta terça-feira (27). De acordo com o presidente da Casa Plínio Amorim, o vereador Osório Siqueira, o salário de prefeito passou de R$15.000 para R$ 18.000, um reajuste de 20%.

Já o salário do vice-prefeito, foi de R$12.000 para R$ 14.000, um reajuste de quase 17%. Os salários dos secretários também subiram, e foi o que mais teve aumento, saindo de R$8.000 para R$12.000, quase 50% de reajuste salarial.

A Lei começa a valer a partir de 2017, beneficiando o prefeito e o vice-prefeito eleitos em 2 de outubro e os secretários escalados pelo executivo, e que tomam posse no dia 1º de janeiro de 2017.

A assessoria da Câmara de Vereadores de Petrolina informou em nota que o Projeto de Lei para revisão dos subsídios para prefeito, vice-prefeito e secretários seguiu todos os trâmites normais da instituição e foi aprovado por unanimidade. Os subsídios estavam congelados desde 2013 e serão válidos para os próximos quatro anos.

Fonte: G1 Petrolina

em - Regional

Envie um Comentário