Polícia Federal envia ao STF gravações feitas por Marcelo Calero no caso La Vue

Polícia Federal envia ao STF gravações feitas por Marcelo Calero no caso La Vue

A Polícia Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (29) as gravações feitas por Marcelo Calero, ex-ministro da Cultura, no caso La Vue. A PF fez uma análise do material para saber se os áudios eram nítidos e se sofreram alguma edição. O material contém conversas com autoridades em ligações telefônicas, captadas por Calero com um gravador digital, de acordo com a Folha. A ferramenta também foi entregue à Polícia Federal. Entre os gravados estão o presidente Michel Temer, em uma ligação apontada como protocolar; o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; e o assessor jurídico da Presidência, Gustavo Rocha, que teria ligado para Calero com a intenção de orientá-lo quanto ao caso do La Vue. O condomínio que seria construído na Ladeira da Barra, em Salvador, foi o motivo da demissão de Calero do Ministério da Cultura. O diplomata acusou o ex-ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) de tê-lo pressionado para liberar a obra, embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Nesta segunda-feira (28) a Procuradoria Geral da República (PGR) requisitou oficialmente à PF o encaminhamento dos áudios, com o argumento de que teria de ter em mãos todos os elementos probatórios para decidir se pediria ou não ao STF abertura de inquérito contra políticos com foro privilegiado. A Suprema Corte deverá enviar os áudios à procuradoria.

em - Regional

Envie um Comentário