Regional

HUMBERTO SANTIAGO “Falta de recursos mata um Hospital”.

HOSP-REG-D.-ANT-MONTEIRO
Caro Ivan,
 
Escutei você  e o Secretário de Saúde Municipal relatando a contratação de 16 ou 19 médicos pelo prazo de 60 dias ao preço global de R$ 30.000,00, o que dá um valor de R$ 15.000,00 por mês. A grande questão é saber se os médicos serão contratados pelo regime de plantão de 24 ou 12 horas, ou se serão remunerados pela produção ou atendimentos executados.
Nunca é tarde dizer que, de há muito, os médicos são contratados pelo regime de plantão de 24 horas, exceto os anestesiologistas que tem o plantão para as cirurgias eletivas e sob o regime de sobreaviso para os casos emergenciais. Em resumo, não muda nada na parte técnica, exceto pela responsabilidade da Prefeitura em alocar no seu orçamento, os valores a serem repassados ao Hospital.
Quero dizer que, tal fato, pode significar tudo ou simplesmente NADA. O Hospital necessita de INSUMOS ( medicamentos e materiais descartáveis), além de materiais de reposição ( campos, lençóis etc. ). Sem tais elementos os médicos nada poderão fazer e os atendimento serão os mesmos de sempre.

Se a Prefeitura vai repassar ao Hospital os recursos necessários para as suas necessidades ótimo, pena que somente no final da gestão o Prefeito Correia venha a se dar conta do verdadeiro problema do hospital ( falta de recursos), assim poderá fechar dois DIAGNÓSTICOS que sempre foram claros, nesta e em outras gestões, a qualidade dos serviços e falta de médicos.
 
A FALTA DE RECURSOS FINANCEIROS MATA UM HOSPITAL, QUE NÃO TERÁ MÉDICOS NEM SERVIÇOS DE QUALIDADE!

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios