Regional

Divórcio de Suzane von Richthofen envolve briga por máquinas de costura

A história de amor das presidiárias Suzane von Richthofen e Sandra Ruiz, o Sandrão, acabou em divórcio litigioso. Na disputa estão três máquinas de costura industrial da marca Sansei, avaliadas em R$ 12.000. O casamento aconteceu em outubro de 2014, na Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, em outubro de 2014. Os detalhes do enlace foram acompanhados pelo Brasil inteiro, em entrevista dada a Gugu Liberato, da Tv Record. Ao bater recorde de audiência, o apresentador presenteou as moças com o maquinário para que pudessem recomeçar a vida fora da prisão. Na cadeia, Suzane tornou-se uma das melhores profissionais do atelier de costura que funciona dentro de Tremembé, onde são fabricados os uniformes das presas e dos guardas que as vigiam do alto da muralha. Sandra era responsável pela manutenção das máquinas. Gugu mandou comprar três máquinas idênticas às usadas por elas na oficina, segundo informações da Veja. A partir de então, as histórias se contradizem. Suzane afirma que as máquinas foram presentes para ela, não para Sandrão. Suzane vive isolada na cadeia, não recebe visitas nem do seu irmão Andreas, desde que foi acusada no crime que vitimou seus pais, mortos a pauladas.

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios