Governador em exercício do Rio pede pena de morte para estupradores

Governador em exercício do Rio pede pena de morte para estupradores

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles (PP), afirmou na manhã desta segunda-feira (30) total repúdio ao ato de estupro sofrido por uma adolescente de 16 anos na última semana, na capital fluminense. Questionado sobre o caso, ele foi incisivo. “Eu considero o crime de estupro o mais hediondo dos crimes. Se dependesse de mim, ele seria punido com a pena de morte”, disse Dornelles, que substitui o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) no Palácio Guanabara enquanto o peemedebista passa pelo tratamento de um câncer no sistema linfático. O governador também falou que esteve com o chefe da Polícia Civil do estado, Fernando Veloso. “Pedi que o Estado tomasse a punição a mais violenta possível, porque essas pessoas desonraram o Estado do Rio de Janeiro”, concluiu.

em - Regional

Envie um Comentário