Regional

Rui acionará governo de Dilma no STF para pagar menos juros

Mesmo contrariando o governo de Dilma Rousseff, de quem é aliado, o governador Rui Costa (PT) determinou que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) entre, na próxima semana, no Supremo Tribunal Federal (STF), com recurso requerendo liminar para mudança da fórmula de cobrança da taxa de juros – de compostos para simples – da dívida do estado com a União. Vários estados já obtiveram liminares no Supremo, que ainda não julgou o mérito do assunto. Caso o governo obtenha decisão favorável, o estado vai economizar, ao ano, mais de R$ 100 milhões no pagamento dos juros. “Estávamos esperando que o STF julgasse o mérito, mas um estado após o outro está entrando com pedido de liminar e decidi fazer o mesmo”, disse Rui, na manhã desta quarta-feira, 20, após inaugurar o novo trecho de pista da avenida Paralela. Indagado se não iria contrariar a presidente com a iniciativa, o governador respondeu: “Tenho que defender o interesse do estado. Acho que o STF tem que se posicionar para definir isso, o que eu não posso é ter liminar para diversos estados e eu deixar de representar o interesse da Bahia. Obviamente que ao estado interessa pagar o menor juro possível”. (ATarde)

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock de Anúncios Detectado

Favor Desabilitar Bloqueador de Anúncios. Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios