Se perder luta contra dengue, país terá geração com retardo mental, diz ministro

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse nesta segunda-feira (25) que, caso perca a batalha com o mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue e o zika vírus, o Brasil pode herdar uma geração de brasileiros com retardo mental. Segundo ele, essa não é uma visão pessimista e sim “realista”. “Essa batalha que vamos travar agora, não podemos perder. Senão, nós teremos uma geração brasileiros que vão ter retardo mental, vão ter pouco desenvolvimento cerebral, dificuldade de conduzir a si próprias e vão precisar de cuidados especiais no resto da vida”, disse o ministro. “O ano passado foi o ano em que nós tivemos o maior número de casos, o que isso significa? Que o mosquito, até agora, está ganhando a batalha. Nós estamos perdendo, ele está aumentando a sua participação”, declarou Castro. Também nesta segunda-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o vírus vai se proliferar por todos os países das Américas.

em - Regional

Envie um Comentário